Maranhão nega ser vice do PT e admite aliança no 2ª turno com PSB

O ex-governador José Maranhão (PMDB) falou ontem, durante entrevista ao Conexão Arapuan, sobre dois temas que tem sido personagem de especulações. Ser vice de Luciano Cartaxo e a aliança com o PSB de Ricardo Coutinho. Foi claro no primeiro caso. Não pensa em ser vice do Partido dos Trabalhadores, como insinuou o deputado Anísio Maia.
 
“Luciano Cartaxo é um nome limpo, foi um bom vice-governador, mas nunca vi quem está à frente nas pesquisas ser vice de quem está atrás”, disse rindo Maranhão, que revidou: “Ele é que dá um bom vice, porque até já foi meu”.
 
Já quanto às especulações de aliança com o governador Ricardo Coutinho, Maranhão refutou qualquer negociação sobre isso agora. Disse que só tem falado com Ricardo quando o encontro casualmente. Mas e no segundo turno? “Aí pode ser”, declarou Maranhão, admitindo a possibilidade, apesar de reafirmar a boa relação com Cícero Lucena, que sairá candidato pelo PSDB.
 
Aliás, Maranhão declarou a fórmula para não se confrontar com Cícero na campanha em João Pessoa. “Vamos fazer uma campanha de propostas”, declarou.
 
Redação/Luís Tôrres