Abraham Licoln assumiu em função de ausência do governador e do vice.

Desembargador Abraham Lincoln assume governo da PB (Foto: Jhonathan Oliveira/G1)


Desembargador disse que está pronto para tomar decisões caso necessário.


Após dar posse aos novos secretários e auxiliares da administração da Paraíba na manhã deste domingo (8), o governador Ricardo Coutinho (PSB) passou o comando do estado para o presidente do Tribunal de Justiça desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos. Ele assumiu em função de uma viagem de Ricardo aos Estados Unidos e do vice-governador Rômulo Gouveia (PSD) para Brasília. Ele fica no cargo até a próxima quarta-feira (11) quando o governador retorna.
“São apenas quatro dias e iremos seguir a agenda, previamente marcada do governador”, disse o governador em exercício Abraham Licoln. Ele acrescentou que nesta segunda-feira (9) estará nas cidades de Alagoa Grande e Mari acompanhando o ministro da Preveidência, Garilbaldi Alves, que tem compromisso nos dois locais.
saiba mais
Apesar do pouco tempo que vai ficar à frente da administração estadual, Lincoln disse que está preparado caso surjam situações que ele precise tomar decisões como governador. “Se surgir algum fato, fora da agenda, que me inquira a tomar decisões assim eu farei”, completou o desembargador.
Durante a solenidade de transmissão de cargo Ricardo Coutinho afirmou que se sentia honrado em passar o cargo para o desembargador Abraham Lincoln. “ Isso é uma sinalização de boa convivência entre os poderes. Desejo boa sorte e todo o corpo de secretários vai estar à sua disposição”, disse Ricardo ao governador em exercício.
Com a ausência do governador e do vice-governador o próximo da linha de sucessão seria o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Ricardo Marcelo (PSDB). No entanto, ele encontra-se em São Paulo, para onde viajou desde terça-feira passada a fim de fazer exames e tratamento de saúde. Recentemente ele passou por uma cirurgia.