Polícia diz que outros dois suspeitos continuam foragidos. Duas mulheres foram encotradas esquartejadas em bairro da capital.


Cinco suspeitos de esquartejar duas mulheres são presos na Paraíba (Foto: Walter Paparazzo/G1) 
Polícia iniciou a perícia no local onde corpos teriam
sido cortados
Cinco homens foram presos no fim da  manhã desta quarta-feira (6) suspeitos de assassinar e esquartejar duas mulheres durante a madrugada. A Polícia Militar efetuou a prisão na comunidade Boa Esperança, no bairro do Cristo, em João Pessoa. Todos foram levados para a Delegacia de Homicídios.

O tenente-coronel Lívio Delgado, comandante do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), disse que “pegamos cinco dos suspeitos, mas sabemos que dois ainda estão foragidos. Os que estão aqui arquitetaram, executaram e deram guarda. Sabemos também que o mandante, o cabeça desse crime, está em um dos nossos presídios”.
De acordo com o comandante do 5º BPM, alguns dos suspeitos já confessaram o crime. O militar ainda informou que conseguiram efetuar a prisão através de uma denúncia anônima que receberam na manhã desta quarta-feira.
O coronel ainda fez referência a um outro crime ocorrido na semana passada em que a vítima foi um homem e também foi encontrado esquartejado dentro de uma sacola plástica, na comunidade Jardim Guaíba, no bairro Funcionários I. No entanto, ele disse que não havia nenhuma informação que ligasse o crime de hoje ao da semana passada, quando foi encontrado junto com o corpo, um papel com a frase “estuprador morre assim”.
Corpos esquartejados foram encontrados na comunidade Alvorada em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1) 
Corpos foram encontrados em comunidade de

Esquartejadas
As duas mulheres foram encontradas mortas na madrugada desta quarta-feira (6) no bairro Funcionários I em João Pessoa. De acordo com a polícia, os corpos das vítimas estavam esquartejados e dentro de um saco plástico.

Dentro da saco foi encontrado um bilhete: “deveu, não pagou, morreu”.
Por conta desse recado, a polícia suspeita que o crime aconteceu por acerto de contas.
 Foto: TV Correio
 No local havia marcas de um carrinho de mão, usado, possivelmente para carregar os corpos e deixá-los no local onde, posteriormente, foram encontrados.