O anúncio feito pelo Grupo CAOA no início desta semana provocou grande empolgação nos paraibanos


Não, não será da Hyundai a montadora anunciada pelo Grupo empresarial CAOA para ser a primeira indústria do gênero na Paraíba.
A marca escolhida pela CAOA é a chinesa Great Wall, que fabrica carros de estilo Rover e que já realizou pesquisas de mercado e comprovou a boa aceitação por parte dos brasileiros, mesmo a marca sendo conhecida pelas publicações especializadas como uma "clonadora" de modelos já bem sucedidos de outras montadoras.
O anúncio feito pelo Grupo CAOA no início desta semana provocou grande empolgação nos paraibanos, interessados mais nos 20 mil empregos diretos e indiretos anunciados pelo empresário.
Como o Grupo é representante da marca Hyundai no Brasil, todas as apostas eram de que a Paraíba teria uma montadora da marca em seu território. A empresa também tem negócios com a Ford e a Subaru.
Apesar do anúncio oficial da marca escolhida para ser montada na Paraíba estar marcado apenas para o dia 25 deste mês, a informação da confirmação da marca Great Wall foi dada por fontes da empresa à Agência Estado de Notícias.
A cidade ainda não foi escolhida. Existem especulações sobre a escolha de Campina Grande por ser a cidade natal de Carlos Alberto de Oliveira Andrade (CAOA), presidente do Grupo.
Entretanto, apesar de vários políticos tentarem faturar em cima de investimentos empresarial, como se tivessem algum poder de decisão sobre o assunto, a escolha deverá levar em conta questões técnicas, como disponibilidade de área para instalação da fábrica, estrutura viária e distância das áreas de escoamento, como o porto de Cabedelo, na Paraíba, e portos em Pernambuco.
De acordo com reportagem publicada em outubro de 2011 pelo Jornal do Carro, suplemento do Jornal da Tarde já estava registradas as patentes de dois carros da Great Wall no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi) e, no total, havia quatro em fase de homologação: o jipe Haval, a picape Wingle, o sedã Voleex C30 e o hatch C20R.