Com um corpo de diferença, brasileiro vence os 200m borboleta 1m55s59, sétimo melhor tempo do mundo. País ainda leva uma prata e três bronzes

Kaio Márcio natação Campeonato Sul-Americano (Foto: Satiro Sodré / AGIF) 
Com o sétimo melhor tempo do mundo, Kaio
Márcio levou o ouro
Kaio Márcio Almeida fez bonito na primeira etapa da Circuito Mare Nostrum, em Barcelona. O brasileiro colocou um corpo de diferença e venceu os 200m borboleta, na tarde deste sábado, na piscina do Club Natación Sant Andreu. Kaio marcou 1m55s59, tempo que passa a ser o sétimo do mundo em 2012. O Brasil encerra o primeiro dia com uma medalha de ouro, uma de prata e três de bronze.
Com a proximidade Jogos de Londres, Kaio aparece no ranking mundial e ocupa o lugar que era de outro brasileiro, Leonardo de Deus, pelo tempo do Troféu Maria Lenk, em abril, 1m55s70. Em Barcelona, depois de Kaio chegaram os ingleses Roberto Pavoni (1m58s67) e Johnson Matthew (2m01s73). O tempo de Kaio supera o recorde de campeonato 1m55s94 que era de Dinko Jukic desde 2008.
Henrique Rodrigues levou a prata nos 200m medley (2m02s57). Ele dominou a disputa sempre seguido de muito perto pelo inglês James Goodard, que nos últimos 15 metros tomou a dianteira e marcou 2m00s95. O bronze foi para o australiano James Justin (2m04s10).
O Brasil levou as medalhas de bronze com Daniel Ozerchowski, nos 50m costas, e Glauber Silva, nos 50m borboleta. Daniel melhorou seus 25s62 das eliminatórias e marcou 25s41 na decisão, O australiano Treffers Ben (25s17) conquistou o ouro e o russo Sergey Fesikov (25s28) ficou com a prata. A prova de Glauber foi muito equilibrada. Com um centésimo de diferença, o queniano Jason Dunford (23s67) superou o espanhol Rafael Muñoz (23s68) e garantiu o lugar mais alto do pódio. Glauber ficou com o bronze com o tempo de 23s80.
O terceiro bronze do dia veio das braçadas de Felipe Lima nos 100m peito. Ele marcou 1m01s38, tendo o sul-africano Cameron Van der Burgh com o ouro e o recorde da competição pelo tempo de 59s73. Cameron foi bronze na mesma prova nos Campeonatos Mundiais de Roma 2009 e Xangai 2011. A prata foi para o australiano Jamieson Michael (1m01s17).
Nos 400m medley, Joanna Maranhão começou dominando no estilo borboleta, contudo, na virada para o costas, a inglesa Hannah Miley assumiu a ponta até o fim. Ela venceu a disputa com 4m34s68, seguida por Mireia Belmonte (4m39s36) e pela escocesa Aimee Willmott (4m40s12). Joanna precisou se contentar com a quarta posição (4m43s61).
Graciele Hermann fez 25s85 e ficou na quinta posição dos 50m livre. Nas eliminatórias ela havia terminado em quarto com 26s13. A vitória foi para a canadense Victoria Poon, que terminou a prova em 25s30. A australiana Marieke Guehrer (25s40) e Chantal Landeghhrem, também do Canadá, (25s50) completaram o pódio.
Neste domingo, todos os nadadores brasileiros voltam à piscina de Barcelona para o último de eliminatórias e finais, a partir das 3h30m da madrugada e 11h da manhã.