Assunto será tratado em reunião, convocada por juiz , nesta segunda (16) Segundo juiz, carreatas só serão proibidas se partidos concordarem.

http://1.bp.blogspot.com/_o5hrka4FaBk/TLwq1IHirCI/AAAAAAAAAqc/bHnZwf3abgM/s1600/Ricardo.jpgUma reunião entre a Justiça Eleitoral e representantes de partidos políticos marcada para acontecer nesta segunda-feira (16) vai discutir a programação de atos públicos nas eleições deste ano em João Pessoa. O encontro será às 15h no Ministério Público e foi convocado pelo juiz eleitoral Eduardo José de Carvalho, da 76ª Zona Eleitoral , que é responsável pela propaganda de rua. Segundo o próprio magistrado, a realização ou não de carreatas na campanha será um dos pontos discutidos.
O juiz disse que além dos partidos políticos, também vão participar da reunião representantes da Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran) e Ministério Público estadual.

Eduardo informou que será feita uma conversa com as representações partidárias sobre a realização de carreatas, mas que não vai haver proibição. “É uma manifestação garantida por lei e nós não podemos impor que não seja feita. A democracia tem que ser respeitada em todos os sentidos”, destacou. Segundo ele, as carreatas só deixarão de acontecer se os partidos concordarem com isso.
Apesar de não ser feita proibição expressa, o juiz confirmou que na reunião de segunda os partidos que disputam a eleição da capital paraibana serão orientados a não realizar eventos eleitorais nas grandes vias da cidade para não prejudicar o tráfego. “Terá uma explicação e a apresentação de um estudo técnico da Semob mostrando os pontos de estrangulamento do trânsito”, reforçou Eduardo Carvalho.
Reunião vai definir detalhes de horário eleitoral
Uma outra reunião marcada para acontecer nesta segunda-feira, às 10h, entre os partidos e a Justiça Eleitoral, vai definir os detalhes da propaganda eleitoral gratuita, que tem início em 21 de agosto. A convocação foi feita pelo juiz eleitoral Inácio Jário, titular da 1ª Zona da capital, responsável pela propaganda de mídia. No encontro serão escolhidos as emissoras de rádio e de TV que farão a geração do horário eleitoral .