Os funcionários da Companhia de Gestão da Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) estão ameaçando acampar na Praça João Pessoa


O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Ricardo Marcelo (PEN) indeferiu o pedido de inclusão do aval ao empréstimo da Cagepa na pauta desta quarta-feira (31) feito pelo líder do governo, Hervásio Bezerra (PSDB), e e o projeto fica fora da ordem do dia e só deve entrar em votação na próxima semana.
Os funcionários da Companhia de Gestão da Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) estão ameaçando acampar na Praça João Pessoa até que o empréstimo proposto para quitação das dívidas da Companhia seja votação e aprovado na Assembleia Legislativa.
Depois de realizarem uma passeata, os funcionários da Cagepa ocupam escadaria da Casa de Epitácio Pessoa, pedindo a aprovação do empréstimo. São aproximadamente 500 pessoas que fazem manifestação com carro de som e faixas.
De acordo com o Governador Ricardo Coutinho, a dívida da Companhia já chega a R$ 340 milhões. Segundo ele, são pagos aos bancos R$ 7 milhões de juros por mês dessa dívida. Por causa disso, o governador criou o Projeto de Lei 992/12 que autoriza o Estado da Paraíba a prestar garantia em um empréstimo entre a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e a Caixa Econômica Federal no valor de até R$ 150 milhões.