Idosa presa na PB levava droga dentro de calcinha e estátua de Frei Damião

Idosa presa na PB levava droga dentro de calcinha e estátua de Frei Damião; veja foto
Os traficantes estão cada vez mais criativos. Durante a prisão de uma idosa de 75 ocorrida nesta semana na cidade de Cajazeiras, no Alto Sertão paraibano, acusada de tráfico de drogas os policiais tiveram uma surpresa: a droga estava escondida na calcinha da mulher e em um fundo falso da imagem de frei Damião, um santo popular da região. A PM informou que Maria de Lurdes Morais, de 75 anos, transportadas o entorpecente dentro da estátua de gesso.

Segundo a polícia, ela é responsável pela distribuição da droga no interior do Ceará, em cidades como Ipaumirim, Barro, Aurora e Icó.

De acordo com o comandante da operação, major Giovane Sobreira, da Polícia Militar do Ceará, a PM chegou até a idosa após realizar a prisão de um homem, em flagrante, por tráfico de drogas na cidade de Ipaumirim (412 km de Fortaleza), no Ceará.

Ao perceber a chegada da polícia em sua casa, a mulher tentou esconder a droga em sua peça íntima e no fundo falso da estátua, sem sucesso. “Uma policial mulher foi chamada para realizar a revista na senhora”, informou o major.

Uma terceira pessoa, que estava consumindo crack no interior da residência e foi apontada como companheira do filho da mulher, foi presa por envolvimento no caso. Os três acusados foram conduzidos até a delegacia de Cajazeiras.


A polícia acredita que a idosa era responsável pelo tráfico de drogas nas cidades vizinhas havia mais de dez anos. “Já efetuei várias prisões por tráfico de drogas, mas nunca de ninguém em idade tão avançada”, disse Sobreira.