Ação em João Pessoa era para apreender veículos irregulares Excesso de adesivos políticos configura mudança de característica.


Excesso de adesivos é retirado e depois o carro é liberado (Foto: Walter Paparazzo/G1)Uma blitz feita pelo Batalhão de Policiamento de Trânsito da Paraíba (BPTran) no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, apreendeu mais de 50 veículos, entre carros e motos, na tarde desta quarta-feira (8). Foram encontradas irregularidades em carros adesivados com propagandas políticas. Segundo o coronel Paulo Sérgio, comandante do BPTran, foram quatro carros que estavam adesivados em mais de 50% do veículo, que é uma infração média de acordo com o Código Brasilieiro de Trânsito. Os condutores foram multados, os carros foram regularizados no local e depois liberados.

A blitz estava também apreendendo veículos irregulares e multando condutores que não possuem carteira de habilitação ou estavam dirigindo sem os acessórios obrigatórios.

Uma blitz feita pelo Batalhão de Policiamento de Trânsito da Paraíba no bairro de Jaguaribe apreendeu mais de 50 veículos na tarde desta quarta-feira (8). Segundo o coronel Paulo Sérgio, a blitz estava apreendendo veículos e condutores irregulares, que nã (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Segundo o coronel Paulo Sérgio, o excesso de adesivagem configura a infração de mudança de característica. O motorista tem que pagar R$ 127 de multa e recebe quatro pontos na carteira. Quando flagrado pela fiscalização, o carro é retido no local, o excesso de adesivo é retirado e depois o veículo é liberado.

Caso o condutor queira 'envelopar' o carro, prática muito comum nesta época de campanha eleitoral, deve recorrer ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran), onde o carro será vistoriado e será acrescentada a 'cor fantasia' na documentação, informando que a característica do veículo foi alterada.