Denúncia anônima levou a descoberta de mais de 400 unidades, diz PRF apreensão aconteceu neste sábado (4), na BR-101 em Alhandra.

Medicamentos foram apreendidos pela PRF após denúncia anônima (Foto: Divulgação/PRF)A Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba apreendeu, no final da manhã deste sábado, 446 unidades de medicamentos variados por falta de licença sanitária. A apreensão aconteceu no posto da PRF em Mata Redonda, situado no km 117 da BR-101 que corta o município de Alhandra, na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com policial rodoviário federal, Saulo Conrado, o condutor havia recebido a carga em João Pessoa e a levaria para Caaporã, a 45 km da capital. Na carga apreendida há medicamentos tarja vermelha e xaropes, segundo a PRF.

Conforme Conrado, o motorista, de 25 anos, pego com os medicamentos, não possuía habilitação. “Além de não ser habilitado, o condutor explicou que não sabia da necessidade de se ter uma licença sanitária para transportar os remédios. Apesar de não atender às normas de Agevisa (Agência Estadual de Vigilância Sanitária da Paraíba ), a carga retida possui nota fiscal.”, comentou. Ainda segundo a PRF, a apreensão aconteceu após denúncia anônima.
O condutor informou que trabalhava como motorista de transporte alternativo e que tinha recebido a carga na Rodoviária de João Pessoa, segundo o policial rodoviário federal. Como não se trata de crime, o condutor foi liberado. O veículo usado para transportar o medicamento sem licença sanitária ficou retido no posto da PRF até o final da tarde deste sábado, quando um responsável habilitado foi retira-lo.