Cássio garante que vai subir no palanque de Dr. Quintino Régis na cidade de Conde

   
A presença do Senador Cássio Cunha Lima no palanque PSD na cidade de Conde está garantida.
Conversei com Cássio sobre isso na semana passada durante um almoço e ele prometeu subir no palanque do Dr. Quintino. Foi o que afirmou o prefeito Aluísio Régis.
“Vou para as ruas pedir votos a população: vote em Dr. Quintino, vote em Dr. Charles!” disse o Senador Cássio Lima.
O tucano disse que vai se fazer presente em comício da coligação “o Conde em boas mão” de Quintino Regis e Charles Pereira.
saiba mais:
Cássio Elege-se senador com 1.004.183 votos, apesar disso tem o seu registro de candidatura negado pelo TRE e pelo TSE com base na Lei Ficha Limpa, ficando impossibilitado de assumir o cargo de imediato.
  • 2011: É um dos políticos beneficiados em 23 de março de 2011 com a decisão da maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal de não retroagir a Lei Ficha Limpa fazendo a mesma valer somente a partir das eleições municipais de 2012, conseguindo assim o direito de assumir o Senado Federal. Apesar disso, só conseguiu ser empossado em 8 de novembro no Senado, após ter que enfrentar vários trâmites jurídicos por cerca de quase 8 meses. [1]
2012: É indicado pelo PSDB para compor a CPMI do Cachoeira, criada para investigar a atuação do empresário de jogos ilegais Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, e suas ligações com agentes públicos e privados no Crime organizado.
Depois da morte do seu pai, o também ex-governador da Paraíba Ronaldo Cunha Lima – seu filho, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) fez a primeira declaração. Cássio agradeceu a solidariedade da Paraíba e do Brasil, e pediu perdão pelos erros do pai.
Ronaldo, que também era poeta, teve sua existência humanista destacada pelo filho que comentou que “o poeta mostrou que é possível fazer política com decência e dignidade”. O senador apontou que o poeta, “apesar dessa longa vida pública” possuía apenas o apartamento em João Pessoa e a casa em Campina Grande “e nada mais”.
“Apesar da dor e consternação, buscamos fé e conforto para louvar e agradecer pela presença do poeta” encerrou Cássio.

J1/com informações do blog TV Conde