A perícia afirmou que o corpo estava em estado de decomposição e que o crime havia sido praticado há mais de cinco dias.
J1/190pb