Segundo policiais, ele também era agiota, ou seja, emprestava dinheiro à juros, e esta informação, faz a Polícia acreditar que o assassino seja algum devedor.

Corretor de automóveis Joseildo Andrade Ferreira, 41 anos, conhecido como Irmão Jó, foi assassinado na tarde desta quinta-feira (25), em um lava-jato, no bairro de Mangabeira III, na cidade de João Pessoa. De acordo com informações locais, um homem chegou em uma moto preta e disparou quatro tiros nas costas da vítima.

Irmão Jó tinha uma loja de celulares, na Rua Professor Alberto Coutinho, e tinha o costume de guardar seu carro no lava-jato, que se localizava na mesma rua e fica ao lado do Presídio Feminino Júlia Maranhão. O crime aconteceu na hora em que o corretor foi buscar o veículo.

Segundo policiais, ele também era agiota, ou seja, emprestava dinheiro à juros, e esta informação, faz a Polícia acreditar que o assassino seja algum devedor.
 
No entanto, os policiais não descartam a possibilidade de ter sido outro corretor, o responsável pelo crime.

A Polícia encontrou no carro da vítima, uma pasta cheia de documentos e com notas provisórias de empréstimos feitos. Agora, os policias irão investigar.

Joseildo era morador da Comunidade Água Fria, no bairro dos Bancários.

O Samu foi acionado no momento do assassinato, porém ao chegar no local, Irmão Jó, já estava morto.

O corpo foi periciado e levado ao Gemol, no Cristo Redentor. 

click aqui e veja as fotos:
              
J1/190pb