Essa não é a primeira vez que aconteceu tumulto em eventos políticos de Pocinhos. Um dia após as eleições, o prefeito eleito foi esfaqueado enquanto comemorava.

Festa da vitória em PocinhosApós 12 dias da tentativa de homicídio contra o prefeito eleito de Pocinhos, Cláudio Chaves Costa, 47 anos, na cidade. Na noite desta sexta-feira (20) quatro pessoas ficaram feridas a facadas e garrafadas durante o evento político.
O que era para ser uma grande festa com a presença do deputado federal Wilson Filho (PMDB) terminou em tumulto.
José Farias Gomes, 22 e Demétrio Farias, 29, foram vítimas de garrafadas, enquanto que Álvaro Honório, 17, e José Gregório Barbosa, 26, foram atingidos por golpes de facas.
As vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Trauma de Campina Grande, onde permanecem internadas.
Pocinhos (município localizado na região do Cariri paraibano, fica a  186,4 quilômetros da capital João Pessoa).
Claudio Chaves Costa (PMN) foi eleito no primeiro turno (7) com 5.674 votos que respondeu a 56,55% dos votos válidos. Ele fez parte da coligação “Unidos para Reconstruir Pocinhos”. O candidato derrotado nas urnas foi Arthur Bonfim Galdino de Araújo (PSDB) que teve 4.727 votos com um percentual de 45,45%. A coligação dele era a “Por amor a Pocinhos”.
Pocinhos tem 13.246 eleitores e, de acordo com o IBGE, sua população é estimada em 17.032 habitantes. Sua área territorial é de 630 km².
Festa da vitória em Pocinhos
Festa da vitória em Pocinhos
 Festa da vitória em PocinhosJ1/Portal Correio