Desgovernado, o veículo invadiu a calçada de um restaurante e atropelou sete pessoas que estavam na parada de ônibus.

Sete pessoas ficaram feridas após serem atropeladas por um veículo desgovernado numa das principais avenidas de João Pessoa. De acordo com o Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário ( BPTran-PB), o carro era dirigido por uma mulher que é esposa de um delegado da Polícia Civil paraibana. O fato ocorreu na noite desta quinta-feira(11).
Segundo o BPTran, a condutora estava trafegando pela Avenida Flávio Ribeiro Coutinho quando passou mal. Ela abriu a porta do carro, que estava em movimento, para vomitar quando perdeu o controle do veículo. Testemunhas disseram que a mulher apresentava sinais de embriaguez.
  “O carro vinha em alta velocidade. Constatamos várias imprudências. Porém o delegado, que é marido dela, disse que a esposa toma remédio controlado”, revelou o policial de trânsito.
  Desgovernado, o veículo invadiu a calçada de um restaurante e atropelou sete pessoas que estavam na parada de ônibus. Quatro foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa por ambulâncias do Samu e Corpo de Bombeiros. Outras três vítimas tiveram ferimentos leves e foram atendidas na UPA Oceania que fica a 200 mts do acidente.
O caso foi registrado na 12ª Delegacia Distrital, em Manaíra. Até as 8h30, Hospital de Emergência e Trauma não tinha divulgado o estado de saúde das vítimas. A polícia não revelou o nome da condutora nem do delegado da Polícia Civil.

Crédito das fotos

J1/190 PB