“Ela quitou as contas no prazo legal. Isso tudo é falácia”, afirmou
O advogado Carlos Magno, que representa a prefeita eleita do Conde, Tatiana Correio (PT do B), informou que a ação que pede a cassação do diploma da prefeita eleita é uma ação requentada. De acordo com o advogado, a ação já foi recebido pelo juiz e encaminhada para o Ministério Público e o órgão entendeu que não tinha como responsabilizar a candidata por atos praticados na internet.
“Essa ação já foi julgada improcedente e arquivada no dia 24 de outubro. O juiz já tinha julgado essa matéria. Vai fadar ao arquivamento novamente”, disse o advogado afirmando que já existe parecer do MP negando o pedido.
Ainda segundo advogado, mesmo se ação tivesse fundamento, ela não teria força de impedir a diplomação da prefeita eleita.
Carlos Magno rebateu ainda a informação de que as contas de campanha de Tatiana foram apresentadas fora do prazo.
“Ela quitou as contas no prazo legal. Isso tudo é falácia”, afirmou.


Da Redação (com Assessoria)