A vítima que se encontrava em uma boca de fumo quando foi alvejada foi socorrida pelo SAMU para o Hospital Regional de Sousa.
  Uma manhã movimentada na área policial em Sousa e região. A Polícia Militar foi informada que uma pessoa havia atirada em outra no Núcleo Habitacional I, em Sousa. Chegando lá foi constatado que o popular Francisco Hiliano Júnior de 19 anos havia sido alvejado a bala por um bandido conhecido por Paulistinha.

A vítima que se encontrava em uma boca de fumo quando foi alvejada foi socorrida pelo SAMU para o Hospital Regional de Sousa.

O serviço de inteligencia do 14° BPM iniciou diligencias investigando o caso e o BOPE  iniciaram buscas naquela região rural e se deparou com o bandido, que estava em companhia de outro bandido conhecido por Baiano, que conseguiu fugir. Eles estavam escondidos no Sítio Matumbo que reagiu a ação policial atirando contra os militares que revidaram e acertaram Edivanildo Alexandre Figueiredo, o Paulistinha. Ele foi socorrido para o HRS mas não resistiu e veio a óbito.

Existem suspeitas que o bandido morto, Paulistinha, tenha envolvimento com dois homícidios acontececidos nos últimos dias, um no Bairro Várzea da Cruz e outro no Núlceo III em Sousa, como também a um atentado ao vereador Abdon Lopes que era na época candidato a Prefeito de Marizópolis.

Paulistinha era um bandido que atuava em todas as áreas do crime. Assaltos realizados na região também podem ter sido efetuado por ele.

A esposa de Paulistinha fez um relato emocionada no Hospital falando de sua vida preguessa.