Ainda segundo a Polícia outras prisões podem acontecer a qualquer momento

A Polícia Civil encontrou o local onde a estudante Angélica Aparecida Vieira, 22 anos, irmã do jogador paraibano Hulk, foi mantida refém. De acordo com informações postadas no twitter oficial da Polícia Civil, o cativeiro fica a cerca de 1 km de onde ela foi levada na tarde de ontem, no bairro do Catolé, em Campina Grande. A Polícia informou ainda que dois acusados foram presos.

Angélica desapareceu na tarde de ontem de frente de uma casa de recepção quando aguardava um amigo dentro do carro. Por volta do meio dia de hoje ela reaparece na rua de casa quando foi deixada por um carro cinza.

Ainda segundo a Polícia outras prisões podem acontecer a qualquer momento. O delegado regional da Polícia Civil de Campina Grande, Marcos Paulo, vai dar detalhes das prisões nas próximas horas.


J1/Informações créditos 190pb