O ex-parlamentar reconheceu como sendo seu filho por causa de uma tatuagem e o celular que estava perto do corpo


O corpo estava em uma mataPoliciais do 10º BPM localizaram, na tarde desta segunda-feira (17), o corpo carbonizado de um jovem que, segundo o ex-vereador da cidade de Montadas, Juarez Francisco da Silva, é do seu filho. De acordo com o tenente Arimateia Silva, o político reconheceu o cadáver porque um celular estava ao lado do corpo que, segundo ele, pertencia ao estudante David dos Santos Silva, de 16 anos e uma tatuagem.
O delegado de Pocinhos, Damião Marçal, a Polícia Militar e o pai do garoto, foram ao local, e o ex-vereador reconheceu o filho. "É meu filho sim. Foi covardemente assassinado. Sei quem foi que fez isso com ele”.
O cadáver foi localizado por moradores da área que desconfiaram da presença de muitos urubus na região. Ao se aproximarem, as pessoas constataram o cadáver e informaram o caso as autoridades.
Segundo o policial, parte do cadáver estava destruída pela ação de urubus. “Poucos vestígios de pele tinha. Estava quase todo esquelético. Os animais comeram quase tudo”.
O corpo foi encaminhado para o Instituto de Polícia Cientifica (IPC) de Campina Grande. O delegado informou que o caso está sendo investigado. "Já ouvimos dois adolescentes que estavam com ele no dia do crime e agora vamos dar procedimento as investigações" comentou, o delegado Damião Marçal.