Segundo informações da polícia, pelo menos 15 (quinze) perfurações foram encontradas no cadáver.
 
De acordo com informações o jovem identificado como sendo Jackson Alves da Silva, solteiro, 22 anos, que residia na travessa Padre Anchieta no bairro Santo Antônio, foi brutalmente assassinado a facadas, provavelmente, na madrugada desta segunda-feira (3) em um campo de futebol localizado nas proximidades da Ponte Figueiredo no Monte Castelo.
 
Segundo informações da polícia, pelo menos 15 (quinze) perfurações foram encontradas no cadáver. Além das lesões provocadas por arma branca (faca-peixeira) a vítima ainda foi atingida por pedradas. O cabo da faca foi encontrado nas proximidades e tudo leva crer que a lâmina tenha ficado alojada no corpo do rapaz.
 
De acordo com relatos de testemunhas Jackson não tinha envolvimento com drogas, mas costumava beber muito e se alterar quando estava sobre o efeito do álcool. A mãe entrou em desespero ao ver o corpo do filho ao solo. A polícia ainda não tem pistas do(s) assassino(s).
 
As estatísticas agora apontam para 63 (sessenta e três) homicídios registrados em 2012 em Patos, porém os números ainda são considerados extra-oficiais.