Em uma das tentativas de se livrar da criança, Juliana Belmiro jogou mingau quente na cabeça do bebê que está internado no Trauma


A população do município de Guarabira, no Brejo Paraibano, está revoltada com um caso de estupro envolvendo pai e filho. De acordo com a polícia Juliana Belmiro da Silva, 19 anos,  que reside no bairro Alto da Boa Vista, engravidou do próprio pai. Do relacionamento, nasceu uma criança e agora a jovem que matar o bebê do sexo masculino de um ano e nove meses de todo jeito.
Em uma das tentativas de se livrar da criança, Juliana Belmiro jogou mingau quente na cabeça do bebê que está internado no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena.
 http://2.bp.blogspot.com/_hjD3Pb6APqQ/TO7yVk_rgPI/AAAAAAAABKs/69UEy1QkpOk/s1600/128%2BORKUT%2B%252846%2529.JPG
De acordo com os médicos, o mingau queimou todo o couro cabeludo e o rosto da criança e por causa das queimaduras ela corre o risco de perder a visão.
De acordo com a polícia, essa não teria sido a primeira vez em que a jovem tentou matar a criança. Em outras oportunidades, ela tentou afogar o bebê e o jogou contra os carros para que fosse atropelado.
Segundo informações da Assessoria de Imprensa do Hospital do Trauma, acriança segue internada em estado regular, porém seu quadro clínico inspira cuidados, tendo em vista a gravidade das queimaduras.
Redação