A intenção é fazer com que ela não reduza o prazer quando comparada a pratica sem camisinha 
 
O fundador da Microsoft Bill Gates está incomodado com as camisinhas disponíveis atualmente no mercado e está disposto a mudar isso. O empresário está oferecendo até US$ 1 milhão para quem inventar um substituto à altura dos preservativos modernos, que ofereça mais conforto aos seus usuários.
Trata-se de uma iniciativa da Grand Challenges in Global Health, financiada pela Bill & Melinda Gates Foundation. A ideia da proposta é melhorar as condições de vida das pessoas mais pobres, e um preservativo inovador poderia ajudar nisso.
As camisinhas são fáceis de produzir e distribuir e são muito baratas. 

A intenção é fazer com que ela não reduza o prazer quando comparada a pratica sem camisinha, o que a organização considera “seu único ponto negativo”.
“É possível desenvolver um produto sem este estigma, ou, até melhor, que passe a sensação de ampliar o prazer?”, diz o blog da Grand Challenges in Global Health.

Inicialmente, serão oferecidos US$ 100 mil para quem apresentar um projeto convincente. Os escolhidos poderão receber até US$ 1 milhão, caso o projeto deslanche.