O corpo do alternativo ficou totalmente carbonizado. A Polícia ainda não tem pistas dos acusados, nem o que motivou um crime tão bárbaro.

Um motorista de transporte alternativo que trabalha fazendo a linha Santa Rita/ João Pessoa, foi brutalmente assassinado e ainda teve o corpo queimado na tarde deste sábado na cidade de Bayeux.
 
De acordo com as primeiras informações ele estava trabalhando em Santa Rita, quando dois homens fizeram sinal para que ele parasse. Pensando se tratar de passageiros, o motorista parou, mas foi logo sendo surpreendido com vários disparos de arma de fogo.
 
Os dois homens depois de atirar contra o alternativo passaram o corpo para o banco de trás do carro e um deles assumiu o volante e levou o carro até uma comunidade afastada da cidade de Bayeux conhecida como "Xexem". Lá chegando colocaram novamente o corpo da vítima no banco do motorista e usando algum tipo de combustível atearam fogo no veículo.
 
O corpo do alternativo ficou totalmente carbonizado. A Polícia ainda não tem pistas dos acusados, nem o que motivou um crime tão bárbaro.































 J1/190pb