Brasil goleia, acaba com a invencibilidade da Espanha e é tetracampeão (Brasil goleia, acaba com a invencibilidade da Espanha e é tetracampeão (Brasil goleia, acaba com a invencibilidade da Espanha e é tetracampeão (Kai Pfaffenbach/Reuters)))
Seleção bate os atuais campeões mundiais por 3 a 0, com gols de Fred e Neymar, na final da Copa das Confederações. Torcida no Conde não desgrudou os olhos do telão na Praça central
Uma odisseia de alegria invadiu a Praça de Conde agora pouco dia 30 de Junho, Brasil é Tetra Campeão da Copa das Copa das confederações e leva os torcedores Condenses a uma verdadeira euforia.

Com telões montados na praça o povão pode assistir a grande final que acabou agora pouco com Brasil 3 x 0

Espanha.

Já já após o jogo acontecerá shows do  o encerramento do São João de Conde e comemorando a vitória do Brasil com Ricardo Santos e banda Aveloz no palco montado no meio da praça. A redação do J1 esteve lá e ao término da festa você vê ver a cobertura completa dos shows com a presença da prefeita Tatiana Correa.
Aguardem.


  Brasil goleia, acaba com a invencibilidade da Espanha e é tetracampeão (Com goleada, Brasil acaba com a invencibilidade da Espanha e é campeão (Com goleada, Brasil acaba com a invencibilidade da Espanha e é campeão (Com goleada, Brasil acaba com a invencibilidade da Espanha e é campeão (Com goleada, Brasil acaba com a invenci)











 




Saiba Mais:
Não tem balança que defina o peso de uma camisa. Tradição não se mede com uma régua, não se calcula com uma máquina. Mas existem Campeões, com letra maiúscula, e campeões. Existem Seleções, com letra maiúscula, e seleções. E existem pentacampeões. Com vitória de 3 a 0 no Maracanã, o Brasil mostrou ao (ex?) melhor time do mundo que não é da noite para o dia que cinco estrelas vão parar em um peito. Fred, destruidor, marcou duas vezes. Neymar, eleito o melhor em campo, fez o outro. O Brasil é campeão da Copa das Confederações pela quarta vez. Campeão em uma noite em que a torcida resumiu tudo ao gritar:

- Ôoooo, o campeão voltou! O campeão voltou!
O campeão voltou jogando um absurdo. David Luiz talvez tenha feito a melhor partida da vida. Neymar foi infernal como poucos sabem ser. Hulk assinou seu atestado de permanência no time. E Fred foi Fred, foi matador, foi aquele sujeito que nasceu para vestir a 9.
Um dia cairia a casa da Espanha, esse timaço que tanto, e a tantos, encantou nos últimos anos. A Roja não perdia há 29 partidas - consideradas as oficiais. Pois aconteceu justamente contra um adversário no qual eles mesmos se espelham, contra a escola que, não por acaso, é chamada de “jogo bonito”. A Espanha, que certamente seguirá forte na Copa de 2014, foi engolida em campo. Não é exagero: foi um passeio, um baile, um chocolate. Uma vitória que a torcida novamente soube resumir:

- Oooooooooolé! Oooooooolé! Oooooooolé!

Por Jairo Silva