Aparentemente um caixa eletrônico foi danificado. Os suspeitos deixaram arames que parecem ganchos para realizar a retirada dos envelopes
 

Uma guarnição do Batalhão Ambiental da Polícia Militar flagrou, na manhã deste domingo (2), a ação de bandidos que tentavam violar caixas eletrônicos do Banco Santander, no intuito de retirar envelopes com dinheiro depositados por clientes. O banco fica localizado na Avenida Epitácio Pessoa, próximo ao Quartel de Engenharia, em João Pessoa.
 
O sargento Valdir, contou que parou com a guarnição próxima ao banco para sacar dinheiro e percebeu uma movimentação suspeita quando estava entrando na agência. Segundo ele, dois homens saíram rapidamente em direção a um carro Fiat Palio branco, onde o motorista os esperava.
 
O sargento informou que um dos criminosos estava carregando uma sacola. Com o outro policial ele entrou na agência e verificou que um dos caixas tinha sofrido violação. Nesse momento, os policiais foram abordar os homens, mas eles já haviam entrado no carro, qual saiu em alta velocidade.
 
Os policiais saíram em perseguição aos bandidos. Eles os seguiram pelo Bairro dos Estados e depois pela Avenida Epitácio Pessoa, mas quando o trio passou pelas imediações da Praça da Independência, no Centro da Capital, a guarnição os perdeu de vista.
 
Ainda segundo o sargento Valdir, com a chegada inesperada dos policiais, os bandidos fugiram deixando no local arames que foram usados para violar o caixa eletrônico.
 
“Aparentemente um caixa eletrônico foi danificado. Os suspeitos deixaram arames que parecem ganchos para realizar a retirada dos envelopes”, explicou o sargento. Segundo ele, a perícia da Polícia Civil já seguia para o local, mas “provavelmente apenas amanhã será possível saber qual o montante foi levado”.
 
Policias ainda realizam diligências, mas até o fechamento dessa matéria ninguém foi preso.

J1/ Crédito das fotos: Aguinaldo Mota

Denúncia

O Portal J1 disponibilizou um espaço para você fazer suas denuncias anônima. Você não precisa se identificar, e todas informações enviadas ficará disponível em um banco de dados para consultas por autoridades da segurança pública. Colabore, seja um agente parceiro para reduzir o índice de criminalidade em nosso estado.
nos comentarios.