Durante a revista pessoal, foi encontrada na cintura do estrupador uma arma de fogo tipo garrucha calibre 22.

Na tarde desta segunda-feira (22/07), policiais da Delegacia de Conde e os policias militares do 1ª CPMI efetuaram a prisão de Adriano Coelho de Bulhões, de 20 anos, no L.N. Senhora das Neves, próximo à Igreja Nossa Senhora de Santana.
Durante a revista pessoal, foi encontrada na cintura do estrupador uma arma de fogo tipo garrucha calibre 22.
 Na delegacia, foi constatado que o mesmo era foragido do Centro Educacional do Adolescente (CEA).
Na delegacia, os policais constataram que ele é acusado de ter praticado pelo menos 6 estupros em 90 dias.
De acordo com informações do sargento da Polícia Militar Pedro Paulo, um casal de jovens estava passando pelo bairro Nossa Senhora das Neves quando foi surpreendido pelo acusado.
“O casal comunicou o caso a polícia e os jovens forneceram as características do acusado e local do crime. Fizemos o cerco em uma casa abandonada e o acusado ainda tentou pular o muro, mas foi preso. As vítimas disseram que, durante a ação, Adriano Coelho tentou levá-las para um terreno baldio, mas se negaram”, disse o policial.
Adriano Coelho foi encaminhado para a Delegacia de Conde onde ficou constatado que ele é acusado de vários estupros. “A tatuagem dele e a arma utilizada – uma garrucha – foram referências dadas pelas vítimas do estupro. Conseguimos localizar algumas das vítimas e quando chegaram na delegacia elas o reconheceram na hora”, revelou o sargento Pedro Paulo.
O acusado foi encaminhado para exames de corpo de delito para ser encaminhado para a cadeia pública local.
Acusado preso na delegacia

Fotos: TV Conde