Em entrevista ao programa Conexão Cidade, Marquinhos é Dez fala dos problemas enfrentados por Pitimbu- PB.


Jacumã 03/08/13.


POLÊMICA EM PITIMBU- PB: Em entrevista ao programa “Conexão Cidade” na rádio Jacumã FM, no ultimo Sábado 03/08/13, o representante político de Pitimbu, Marquinhos é Dez, destacou os fatos da política de sua cidade, relatando os problemas enfrentados pela população Pitimbuense.



Marquinhos foi vereador e presidente da câmara Municipal de Pitimbu na gestão de 2009 a 2012. Em 2012 concorreu para o cargo de prefeito, chegando a perder para o atual gestor Leonardo Barbalho.



Genival Matias: Marquinhos falou que o litoral sul estava abandonado e sem representatividade pelos políticos convencionais que se instalaram por lá, defendendo que Genival é um aliado que está dando resultado entre a parceria Genival, Marquinhos e Ricardo Coutinho, o que trará grandes benefícios para o povo de Pitimbu.



Parceria com o atual prefeito: Marquinhos enfatizou que em 2008 andou com o atual prefeito de Pitimbu, caminhando juntos, patrocinando a campanha dele, pois ele estaria sem brilho político, destacando que carregou ele nas costas.



Pergunta do internauta: Quem é seu Federal?



Marquinhos destacou que o maior interesse é o povo de Pitimbu, mas que já teria alguns nomes para ser apoiado por sua base política no município, dizendo que estaria apoiando o melhor para o povo de Pitimbu.



Taquara: Marquinhos destacou que o povo de Taquara estaria pagando as contas de água sem consumir, pois tanto Taquara como Camucim estaria com faltas de água constantes.



O problema da falta de água de Taquara se deve a falta de uma bomba submersa no valor de 6.000,00 R$ seis mil reais, já em Camucim, Marquinhos destacou se dentro de 30 dias, se o prefeito não colocar a bomba ele vai doar para a população.



“Eu estou dando um prazo de trinta dias, se a prefeitura não colocar a bomba, já que a prefeitura estar quebrada, eu compro a bomba e dou ao povo de Camucim” Destacou Marquinhos.



Pergunta do ouvinte: Educação?



O ouvinte questionou o que seria feito na educação, já que tem atualmente no município, pessoas lecionando com apenas o nível médio.



Turismo: Marquinhos destacou que o calendário tradicional das festas do município e a festa da lagosta deveriam ser resgatados, para que o povo de Pitimbu venha a ter a força do comércio local reestabelecido e reconhecido.



Esperança de um novo tempo:



Marquinhos impetrou na justiça um processo no qual ele pede a cassação do atual prefeito, pois segundo Marquinhos, as provas são mais que contundentes, com vídeos e fotos, material que a polícia Federal já tem em mãos para a devida perícia.



“Nós tivemos uma política disputada em Pitimbu de forma irregular, onde o atual prefeito fez quatro baladas no período eleitoral, com uma tenda eletrônica no meio da praça, com um DJ tocando, aonde ele dava brindes e pedia votos” Afirma Marquinhos.



Análise: O povo de Pitimbu estar sem educação, sem saúde, sem água, sem infraestrutura. O que mais falta para que esse povo perca o restinho de dignidade que lhes resta?



Ao final da entrevista Marquinhos mandou abraços para o povo pitimbuense, ao povo condense, e em especial, aos amigos Said Abel e aos advogados Solon Benevides e Walter Agra.
OUÇA A ENTREVISTA:


J1/por Arimatéia Sousa