Maria da Penha, agressão, porte ilegal de armas foram os boletins mais lavrados na regional de Conde.

No plantão de ontem (31) na delegacia da cidade de Conde, cinco homens foram presos. Na lavratura de cinco flagrantes e segundo o delegado Dr. Francisco de Assis, dois casos aconteceram por agressão onde os acusados foram enquadrados na lei Maria da Penha, dois por porte ilegal de arma e outro caso por alcoolemia. Por agressão foram enquadrados na Lei Maria da Penha João Antônio da Silva, fato ocorrido na cidade de Pedras de Fogo e Valdemir Miranda do Nascimento que agrediu a esposa, enciumado porque ela vivia no bate-papo do facebook na cidade de Alhandra.
 Já outros apreendidos foram José Pedro da Silva que portava duas armas espingarda soca-soca e Aldair Carlos de Holanda que segundo o delegado Dr. Francisco de Assis foi enquadrado no artigo nº306 do Código Penal de Alcoolemia. E finalmente José Carlos da Silva Feitosa que foi preso também por porte ilegal de arma com um revólver calibre 22.
 Em um desses casos por agressões, a dona de casa Maria Inês da Silva relatou a nossa equipe que foi a primeira vez que o companheiro (João Antônio da Silva) chegou a espancá-la até quebrar o seu braço. ¨Ele só não me matou porque os vizinhos me acudiram. Ele chegou em minha casa por volta das 23 horas, arrombou a minha porta e estava bêbado com um pedaço de ferro querendo me matar. Ele sempre me ameaçou e já fiz dois Boletins de Ocorrências, onde esses casos já estão na justiça, falou a vítima.