Segundo a diretoria do Grêmio Estudantil a paralisação foi por conta da demissão em massa de toda a diretoria da escola