Com uma mobilização em defesa do uso racional, que incluiu caminhada, passeio ciclístico e café da manhã, o Governo do Estado participou neste domingo (22) da comemoração alusiva ao Dia Mundial da Água. O evento contou com a presença da 1ª Gerência Regional de Saúde, de ciclistas, esportistas, além de alunos e professores da Escola Estadual Gonçalves Dias, localizada no bairro do Cristo.
A estudante Nayara Borges da Silva, de 10 anos, que participou da caminhada, disse que a principal mensagem que o evento deixou é de que não se pode desperdiçar água. “A campanha alerta a população de que vivemos em seca. As pessoas desperdiçam a água lavando roupas, carros e isso estraga a água, por isso devemos evitar essas atitudes”, disse.
Os ciclistas saíram do Busto de Tamandaré às 6h30 em direção à lagoa do Parque Solon de Lucena. Já a caminhada saiu do estacionamento do supermercado Pão de Açúcar, na Avenida Epitácio Pessoa, seguindo para o Busto de Tamandaré, onde houve uma mobilização, inclusive com panfletagem.
Na calçada da praia de Tambaú, além do café da manhã oferecido às pessoas que participarem da mobilização, foram disponibilizados serviços de saúde como aferição da pressão arterial e teste de glicose, trabalho educativo com as crianças, incluindo distribuição de kit infantil para pintura, além da presença do laboratório móvel de análise da água da Funasa e laboratório de entomologia da Secretaria de Estado da Saúde, mostrando as fases do mosquito Aedes Aegypti, para controle da dengue e chikungunya.
De acordo com o gerente operacional de Vigilância Ambiental da Secretaria de Estado da Saúde, Geraldo Moreira de Menezes, o evento trouxe a oportunidade para a população raciocinar sobre a importância de economizar água, além de incorporar o processo de educação junto às famílias e sociedade, de que água é saúde e não se joga fora. “É importante lembrar que o nosso Estado passa por um processo de seca, algumas cidades são abastecidas com carro pipa e a SES tem se preocupado com a qualidade dessa água, por isso a parceria com outros órgãos”, explicou.
Para Luis Carvalho, um dos 30 ciclistas que participaram do evento, o objetivo é mostrar à sociedade o valor que tem a água, além de aproveitar a oportunidade para praticar um exercício saudável, que é a pedalada.
Para o presidente da Cagepa, Marcus Vinícius Fernandes Neves, a parceria com outros órgãos foi fundamental para o sucesso do evento. “A água é uma questão ampla, engloba inclusive a saúde pública. Como teremos, por exemplo, turistas se não tivermos saneamento e água de qualidade? A água é um bem precioso da vida e cada órgão com suas competências vêm contribuir e garantir o bem da sobrevivência da água”, afirmou.
“Hoje é o segundo dia de trabalho com a presença de todos os parceiros, o que nos trouxe um resultado muito positivo. O importante disso tudo é deixarmos a seguinte mensagem para a população: ou cuidamos e preservamos a água ou perdemos esse bem tão preciso; este é o motivo que estamos reunidos aqui”, defendeu o presidente da Aesa, João Fernandes.
A Semana da Água tem por objetivo chamar a atenção da população para o problema hídrico que existe hoje no mundo. Participam da programação as Secretarias de Estado da Saúde, da Educação, de Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia;  Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa); Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa); Fundação Nacional de Saúde (Funasa); Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) e Comitês das Bacias Hidrográficas da Paraíba, do Litoral Norte e do Litoral Sul, professores e alunos do IFPB.
Programação – A partir desta segunda-feira (23), a programação, que começou quinta-feira (19) com um debate no Campus I do IFPB em João Pessoa, abrangerá outras cidades. Na Escola Municipal João Paulo II, em Bananeiras, a partir das 9h, haverá uma visita aos locais de interesse do Comitê das Bacias Hidrográficas do Litoral Norte, além de atividades de Educação Ambiental. Ainda na segunda-feira, a partir das 8h, na Escola Municipal Professor Manoel de Sousa Oliveira, em Patos, serão realizadas atividades de educação ambiental e cultural.
Na terça-feira (24), às 8h, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Emília Valença, em Caaporã, será exibido o filme “A Lei da Água”, seguido por um debate. Na quarta-feira (25), das 6h30 às 15h, haverá visitas às obras do Canal Acauã-Araçagi, com a participação dos membros do Comitê das Bacias Hidrográficas do Litoral Norte e do Litoral Sul. No mesmo dia, na Escola Estadual Monsenhor Odilon Alves Pedrosa, no município de Sapé, das 8h ao meio-dia, vai ser realizada uma palestra sobre qualidade da água.
Na sexta-feira (27), na Sala de Multimídia do Colégio Estadual da Prata, em Campina Grande, a partir das 8h, será exibido o filme “A Lei da Água”, seguido por um debate. No mesmo dia, das 14h às 17h, membros do Comitê da Bacia Hidrográfica da Paraíba farão uma visita ao Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão.
Secom PB