De acordo com a Polícia Civil, foram expedidos cinco mandados de busca e apreensão em cinco residências. 
 
10646819_784382108296681_3462796901666678062_nA Polícia Civil em Guarabira, há 98 km de João Pessoa, encontrou na manhã desta terça-feira (28) uma fábrica clandestina de bebidas destiladas que funcionava em uma casa na cidade de Cuitegi, a 105 km da Capital paraibana. No local, os policiais apreenderam rótulos falsificados, tonéis, garrafas vazias e cheias e equipamentos para a produção. Três pessoas foram detidas em flagrante e levadas à delegacia durante a operação denominada “Alquimia”.
De acordo com a Polícia Civil, foram expedidos cinco mandados de busca e apreensão em cinco residências. A Polícia explicou que os falsificadores adquiriam os vasilhames secos de diversas marcas nos bares de todo o Brejo da Paraíba e depois compravam cachaça sem um selo de qualidade nos engenhos da região e engarrafavam os frascos.
Os criminosos engarrafavam e lacravam as garrafas com selos falsificados, comprometendo a saúde dos consumidores, a arrecadação da receita estadual e a qualidade das cachaças originais. Participaram da operação cerca de 30 policias civis. A ação policial contou com apoio do Fisco Estadual.
 24
 
 10646819_784382108296681_3462796901666678062_n
Portal Correio