Programa acompanhou a operação da PRF contra o Clube do 299 


Clube do 299 (Foto: Divulgação) 
Na rodovia, entre João Pessoa e Campina Grande, os motoqueiros cometem infrações gravíssimas
As corridas com motos superpotentes que aconteciam na BR 230, no trecho que liga João Pessoa a Campina Grande, foram denunciadas no Fantástico deste domingo (26). O grupo se identificava como Clube 299. O número é uma referência à velocidade que eles tinham que atingir nas motocicletas para serem aceitos.

Nos últimos quatro meses, a Polícia Rodoviária Federal acompanhou cada movimento desses motoqueiros da Paraíba. Descobriu que eles usavam grupos restritos nas redes sociais para marcar as corridas.

Segundo o procurador-geral de Justiça da Paraíba, Bertrand Araujo Asfora, vários deles já furaram blitz, chegando inclusive a ter a possibilidade de atropelar um dos guardas da Polícia Rodoviária Federal. “São verdadeiras armas nas mãos daqueles que não querem cumprir a legislação”, afirmou.

Na sexta-feira (24), o Fantástico acompanhou a operação contra o Clube do 299 na Paraíba. Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Ministério Público já tinham provas suficientes para apreender as motos e as habilitações dos integrantes do grupo. Segundo as investigações, quem organizava as corridas clandestinas era o empresário Gibran Moraes.

  http://glo.bo/1KnEmLW