De acordo com o aspirante Thiago Silva, do 5º Batalhão da PM, o morador acionou a polícia através do número 190. Uma guarnição se dirigiu ao local e isolou a área para os trabalhos de perícia

Detalhe do crânio e do local onde a ossada foi encontradaPolícia Militar acredita que, pelas características dos ossos encontrados, deveria fazer mais de um ano que o corpo foi deixado no local; apenas uma perícia poderia determinar a causa da morte

Uma ossada humana foi encontrada em uma mata localizada no conjunto Colinas do Sul, Zona Sul de João Pessoa, nas proximidades da estrada que leva ao bairro de Gramame, na tarde desta terça-feira (21). Segundo a Polícia Militar, os restos mortais foram encontrados por um morador de um assentamento próximo.


De acordo com o aspirante Thiago Silva, do 5º Batalhão da PM, o morador acionou a polícia através do número 190. Uma guarnição se dirigiu ao local e isolou a área para os trabalhos de perícia.

“Pelo jeito que a ossada foi encontrada, deve fazer mais de um ano que se encontra no local”, disse Thiago, acrescentando que o crânio estava parcialmente enterrado e que os ossos aparentemente sofreram com as intempéries, estando expostos a sol e chuva.

Agentes do Instituto de Polícia Científica se dirigiriam ao local e recolheriam o material para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal de João Pessoa, no bairro Cristo Redentor, Zona Oeste, onde deveria ser feito o trabalho de identificação do falecido e apuração sobre as possíveis causas da morte, procurando também determinar há quanto tempo o corpo havia sido deixado no local onde foi visto.